(31) 3841-9900 | (31) 97524-3594

9 dicas para você dominar o mercado digital

24/01/2019 Artigos

Pensando em abrir um e-commerce ou melhorar a gestão do que você já tem? Confira as informações que o Sebrae separou para você brilhar no mundo virtual!

Não adianta oferecer um produto maravilhoso, com preço competitivo e não exibi-lo na vitrine. Da mesma forma, para atuar no comércio eletrônico, você precisa conhecer bem a ferramenta para ofertar seus serviços de forma ideal. Se o desafio acompanha o empreendedor, a compreensão de como agir na hora de vender seus produtos online não é motivo para perder o sono. Mas, existe uma série de questões que precisam ser compreendidas para obter sucesso.

Para atuar no comércio eletrônico, você precisa conhecer bem a ferramenta para ofertar seus serviços de forma ideal. 

O que é necessário?

Dicas:

1. Conheça o mercado digital. Saber qual é o perfil das empresas e dos consumidores é importante para ter uma noção clara de como atuar e do que esperar.

2. Escolha o nicho de mercado que será atendido. É possível ao identificar as diversas oportunidades de atuação que o comércio eletrônico proporciona para poder analisar quais são os segmentos mais rentáveis no meio virtual.

3. Organize o site, escolha a tecnologia da loja online e crie um plano de negócios.

4. Entenda os aspectos legais e como funcionam os impostos específicos das vendas virtuais.

5. É preciso conhecer também os meios de pagamento do comércio eletrônico para proporcionar vendas com segurança.

6. Construa sua loja virtual utilizando-se de dicas sobre layout, cores, usabilidade e outras questões de design.

7. Saiba o que o cliente deseja e como se comporta.

8. Conheça as estratégias de marketing e os canais de divulgação online, como as redes sociais. Você precisará impulsionar a visibilidade do seu negócio e dos seus produtos para gerar mais faturamento.

9. Procure entender sobre logística e estoque no e-commerce. Assim, você conseguirá disponibilizar ao cliente uma entrega adequada do produto e lidar com as questões pós-venda.

Fonte: Portal Sebrae

Comentários

Assine nossa Newsletter

%d blogueiros gostam disto: